Tênis | Diário Digital | 17/06/2018 09h09

Projeto de Tênis de cooperativa acolhe novos alunos

Compartilhe:

O Projeto Coopertênis da Unimed Campo Grande cresceu. Agora, são 35 alunos de dois bairros da cidade que têm a oportunidade de praticar um esporte e aprender mais sobre uma alimentação saudável. A iniciativa é fruto da parceria da Unimed Campo Grande, Sistema OCB/MS e Associação Médica de Mato Grosso do Sul.

Para o gerente do Núcleo de Desenvolvimento Humano (NDH) da Unimed Campo Grande, Júlio Cezar Gouvea de Souza, o objetivo do projeto é sempre oportunizar para a criança e o adolescente uma atividade no contraturno da escola.

“Nós começamos esse projeto em 2016, com a ideia fomentar o desenvolvimento infanto-juvenil por meio do esporte como um fator de transformação social. O resultado foi positivo. Temos alunos que já estão competindo a nível estadual”, afirma Souza.

Em 2017, as aulas eram destinadas a 22 crianças do Jardim Aeroporto. Com o aumento das vagas foi possível incluir estudantes do bairro Danúbio Azul, localizado próximo a Associação Médica de Mato Grosso do Sul. “É uma comunidade carente, bem povoada e com bastante criança. Estamos com alunos de 8 a 15 anos e como alguns já frequentavam o ano passado, dividimos as turmas de acordo com a noção de jogo e habilidades”, explica o professor de tênis, Eliezer Leite.

As aulas acontecem as segundas e quartas-feiras, das 13h às 17 horas, nas quadras de tênis da Associação Médica de MS. Além do treino, as crianças recebem orientação sobre alimentação saudável e um lanche com frutas e suco. “O intuito é trazer esse retorno social, através da prática de esporte, alimentação saudável e palestras educativas com profissionais do Viver Bem, programa da Unimed Campo Grande”, ressalta.

Para o futuro do projeto, os planos são muitos. “Normalmente esses alunos brincavam na rua, em situação de vulnerabilidade e aqui eles estão praticando uma atividade saudável, um esporte que trabalha o autoconhecimento e a disciplina.

No futuro pretendemos estender esse projeto encaminhando os adolescentes para o programa de Jovem Aprendiz da Sescoop da OCB/MS e oportunizar formação profissional, inclusive na Unimed Campo Grande”, acredita Souza.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS