Personalidade | Da redação | 29/07/2008 13h56

Personalidade: João Bosco de Oliveira Costa

Compartilhe:

João Bosco Costa

O tenista sul-mato-grossense João Bosco de Oliveira Costa conquistou seu primeiro ponto no ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), ao vencer no Future de Brasília, o também brasileiro Ricardo Schlachter por dois sets a um (4-6, 6-3 e 6-4). Na segunda rodada do Future, que está sendo realizado de 21 a 27 de julho, ele acabou eliminado por André Stabile, por dois sets a zero (6-3 e 6-2).

João entrou na disputa da chave principal do Aberto de Brasília ao receber um wild card (convite da organização do torneio) e não precisou participar do torneio qualificatório. Isto porquê ele conquistou o vice-campeonato do Brasileiro de Tênis na categoria 18 anos, no último dia 20 de julho.

Carreira - Nascido em Dourados, mudou-se muito cedo para Campo Grande, onde iniciou no tênis aos 5 anos, na Academia Campo-grandensse de Raquetes, na supervisão do professor Neido Castilho. No juvenil, ele passou a treinar na Winner Tênis, na supervisão do professor Joacir Junior. Aos 15 anos, mudou-se para São Paulo, onde treina na academia EGA, na supervisão do técnico Luís Farias, que o acompanha em Brasília.

Brasileiro de Tênis - O vice-campeonato no Brasileiro de Tênis 2008 também marcou um mês de julho de muitas conquistas para João Bosco. No torneio realizado em Brasília, de 15 a 20 de julho, ele perdeu apenas partida final, no dia 20, superado pelo mineiro Leandro Ribeiro, por dois sets a zero (6/1 e 6/2).

Para chegar à final, João Bosco venceu o paulista Matheus Pereira por dois sets a zero (6/4 e 6/6 - 9/7) no sábado (21). Pelas quartas-de-final, ele venceu o carioca Caio Severino por dois sets a um (6/2 - 7/5 - 6/4).

Pelas oitavas-de-final, ele venceu o paulista Lucas Oliveira por dois sets a um, com uma excelente virada: ele perdeu o primeiro set por 6/3, empatou o segundo em 6/6 e venceu no desempate por 7/4 e, no último set, venceu por 6/2.

Nas duas primeiras rodadas, Bosco superou o paulista Gustavo Dias por dois sets a zero (duplo 6/2) e o paulista André Mattos também por dois sets a zero, este com parciais de 6/2 e 6/3.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS