Personalidade | Jones Mário | 02/10/2013 13h29

Personalidade: Haissa Rodrigues

Compartilhe:

Haissa Rodrigues

Sob influência da mãe, aos sete anos Haissa Rodrigues já jogava Voleibol. Mas a campo-grandense só se aprofundou no esporte quando foi morar em Maringá (PR). “Havia um projeto interessante para o Vôlei de Praia, que contava, inclusive,  com bolsa de estudos em um colégio excelente. Então, resolvi me aventurar”, conta.

Recentemente, a atleta venceu a etapa de Vitória (ES) do Circuito Banco do Brasil Sub-23. A jogadora firma parceira com Karine, do Ceará. Além desta, Haissa destaca algumas de suas maiores conquistas no esporte. “Fui campeã dos Jogos da Juventude do Paraná em 2009, terceira colocada por dupla no geral do Circuito Brasileiro Sub-21 em 2011, campeã geral individual do Circuito Regional Banco do Brasil Norte e Nordeste em 2011 (...)”, enumera.

Quando começou no Vôlei de Praia, Haissa competia federada pelo Paraná, fato que mudou há pouco tempo. “No momento estou federada pelo Mato Grosso do Sul, pois tenho orgulho da minha terra e faço questão de representá-la”, afirma ela, que diz também que só não recebe ainda incentivo financeiro do Estado por “questões burocráticas”. “Mas o Presidente da Federação me garantiu que está tomando providências para que a partir de 2014 eu conte com o suporte”, reitera.

Embora sem praias, Mato Grosso do Sul tem se destacado com diversos atletas ganhando etapas nacionais. Haissa acredita que o Estado é um celeiro de bons jogadores. “Temos joias escondidas. O incentivo nas categorias de base está começando agora, e já está rendendo frutos, pois embora nosso Estado não tenha praia, temos visto revelações mesmo com esse empecilho. Ainda temos poucos atletas competindo nas categorias de base, mas estes poucos vêm apresentando grandes resultados”, ressalta.

Em 2014, a campo-grandense encara um novo desafio na carreira. “A partir do ano que vem eu mudo de categoria, passo a ser adulto somente”, diz ela. Para tanto, Haissa vai precisar de maior incentivo. “Preciso contar com um patrocinador que me proporcione um apoio financeiro consistente e constante, que me permita focar apenas na minha preparação, com o objetivo de realizar esse sonho que é continuar trabalhando com o que eu amo”, diz.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS