Jogos Abertos | Lucas Castro | 20/07/2019 13h16

Magnatas goleia e fica com o bronze no futsal dos Jogos Abertos de Campo Grande

Compartilhe:
Medalha de bronze veio logo na primeira participação nos Jogos Abertos. Medalha de bronze veio logo na primeira participação nos Jogos Abertos. (Foto: Lucas Castro/Esporte Ágil)

O Magnatas Futsal aplicou 12 a 0 na Escola Estadual Dolor Ferreira de Andrade, do bairro Maria Aparecida Pedrossian, na Zona Leste da capital. O confronto foi válido pela disputa de terceiro lugar da 41ª edição dos Jogos Abertos de Campo Grande, na modalidade futebol de salão.

A partida foi realizada na noite desta sexta-feira (19), no ginásio do Colégio ABC. Na quinta-feira (18), o Magnatas sofreu revés de 5 a 0 para o ABC/Arena Premier, na semifinal. Na outra partida da noite, a E.E. Dolor Ferreira de Andrade deu adeus à vaga na final, após perder para o Zond5 Futsal/Academia Art e Manha Fitness por 9 a 0.

Além do terceiro colocado, o público presente também conheceu o campeão da competição. O ABC/Arena Premier bateu, por 2 a 1, o Zond5 Futsal e assegurou o título inédito do certame.

O confronto para definir o terceiro colocado foi morno, nem parecia que a medalha de ouro estava em disputa. Como reflete o placar, o Magnatas dominou as ações do jogo. A equipe adversária, por sua vez, não compareceu com todos os jogadores do plantel, que estiveram nas fases anteriores.

Magnatas recebe medalha de bronze (Foto: Lucas Castro/Esporte Ágil)

“Foi surpreendente, porque valorizamos a competição, viemos com nossa equipe completa. Infelizmente, o adversário não compareceu completo e isso facilitou nossas ações. O placar de 12 a 0, em cima do que foi apresentado pelo adversário, foi normal. Quando se joga com um a menos, a quadra fica muito grande e nós soubemos aproveitar muito bem os espaços proporcionados”, avalia o técnico do Magnatas, Laudeci Catonho, em entrevista ao Esporte Ágil.

O treinador destaca que jogar no ginásio do Colégio ABC foi uma experiência nova para a equipe, acostumada a treinar em quadras de menores dimensões. “É muito grande e estamos acostumados a trabalhar em quadra pequena. Então, para a gente, que trabalha com profundidade e amplitude, compactação ofensiva e defensiva, além de transição, a quadra facilitou”.

Equipe procura horários alternativos para treinar e disputar amistosos (Foto: Lucas Castro/Esporte Ágil)

“Vamos ter de realizar, para a próxima edição, treinamentos em quadras grandes, para que não soframos tanto, principalmente na parte física. Nós fizemos dois jogos aqui [semifinal e disputa de terceiro] e nossa equipe sentiu muito, porque teve de correr mais, por não estar habituada a jogar em quadra deste tipo”, completa Catonho.

Esta é a primeira participação do Magnatas Futsal nos Jogos Abertos. O plantel começou a treinar em fevereiro deste ano e já participou de dois torneios de lá para cá. Entre eles, está o tradicional Torneio Tia Eva de Futsal.

Partida passou longe de ser empolgante e acirrada (Foto: Lucas Castro/Esporte Ágil)

Ao Esporte Ágil, Catonho afirma que os treinamentos começaram na quadra da Escola Estadual Professora Clarinda Mendes de Aquino, cedida pela direção. Nos últimos três meses, a equipe realizou a preparação na Quadra 2ou10, com a realização de amistosos.

“O trabalho desenvolvido pela equipe é muito bom, todos são voluntários e isso facilita. Todos os atletas trabalham durante o dia e nós só conseguimos treinar à noite, conciliando os horários de jogos”, finaliza Catonho.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS