Futebol | Diário Corumbaense | 02/06/2019 07h00

Com protesto por atraso salarial, Corumbaense goleia Sinop em casa

Compartilhe:

Precisando somente da vitória para continuar com chances de classificação para a próxima fase do Brasileiro da Série D, o Corumbaense goleou o Sinop de Mato Grosso pelo placar de 4 a 0. A partida, válida pela 5ª rodada da competição, foi no estádio Arthur Marinho, em Corumbá, na noite deste sábado, 1º de junho.

Antes de a bola rolar, os jogadores do Carijó da Avenida, sentaram no gramado em protesto ao atraso, de pelo menos dois meses, dos salários, não só dos atletas, como da comissão técnica e outros funcionários do clube. Em solidariedade, o time do Sinop também fez o mesmo. Outro problema enfrentado pela equipe de Corumbá, foi o transporte. Os jogadores foram a pé para o estádio porque o ônibus não chegou no horário.

Mesmo com a situação complicada, em campo o Sinop não mostrou resistência e o time da casa conseguiu um importante resultado. Os gols foram marcados por Gustavo Henrique (2), Mateus Fernandes (gol contra) e Juninho Aguiar.

Jogadores comemoraram vitória e aguardam definição de diretoria
(Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

No final do jogo, os atletas do Corumbaense comemoraram a vitória, destacaram que estão cumprindo o compromisso com o clube e querem uma solução para o atraso dos salários. "Chega a emocionar (a vitória) porque o que estamos passando só Deus sabe. São dois meses de atraso de salário, viemos a pé para o estádio porque o transporte não veio. Antes de tudo somos homens e pais de família, estamos honrando com nosso compromisso e esperamos que o clube honre com o seu", desabafou Vinícius Costa à rádio Fronteira FM.

A situação vem se arrastando há algum tempo, desde a reta final do Campeonato Estadual 2019. O atraso dos repasses de parte dos patrocinadores do clube, que são dez no total, é o motivo da crise financeira, segundo dirigentes do Corumbaense. A reportagem apurou que na segunda-feira (03) deve ocorrer uma reunião com os patrocinadores para a busca de uma solução.

Sobre os jogadores terem chegado a pé no estádio, a empresa patrocinadora informou ao Diário Corumbaense que houve um desencontro de informações na logística e quando foi avisada, os atletas já estavam a caminho do Arthur Marinho. O ônibus foi para o estádio e lá permaneceu para o retorno dos jogadores para o alojamento.

Vitória por 4 a 0 colocou o Corumbaense de volta à briga pela classificação
(Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Segundo colocado

O Corumbaense que iniciou a rodada em terceiro lugar, agora é vice-líder do grupo A10, com sete pontos. O líder continua sendo o Iporá de Goiás, que chegou aos dez pontos depois de vencer o Palmas, também neste sábado, por 1 a 0. O Sinop caiu para o terceiro lugar com 6 pontos e o Palmas, eliminado, tem três pontos.

Os dois classificados saem no próximo fim de semana. O Corumbaense pega o Palmas no domingo, na casa do adversário enquanto o Sinop recebe o Iporá.

O Operário de Campo Grande, outro representante de Mato Grosso do Sul na Série D, empatou em 2 a 2 com o União de Mato Grosso, em partida disputada em Rondonópolis. O Galo da Capital agora tem cinco pontos no grupo A11 e ainda tem chances de classificação na última rodada.

A competição

O torneio conta com 68 clubes divididos em 17 chaves com 4 participantes, cada. Todos os melhores colocados de cada grupo passam de fase, enquanto os dois piores segundos colocados ficam de fora da fase seguinte, quando começa o mata-mata com 32 participantes. A primeira fase da Série D vai até o dia 09 de junho.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS