Entidades Esportivas | Da Redação | 12/07/2020 10h04

Conmebol anuncia retorno da Libertadores para setembro

Compartilhe:

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) definiu, em reunião por videoconferência na última sexta-feira (10), a retomada das Copas Libertadores e Sul-Americana. A entidade anunciou que a Libertadores reiniciará no dia 15 de setembro e a Sul-Americana em 27 de outubro.

O regulamento de ambas as competições foram mantidos, e a data para ocorrer as finais das duas competições estão previstas para janeiro de 2021, atravessando a temporada de 2020, como o calendário brasileiro.

A Libertadores foi paralisada em março devido à pandemia do Novo Coronavírus e só teve duas rodadas disputadas da fase de grupos. Restam seis, além das duas partidas para as oitavas de final, duas para as quartas, as semifinais e a final em jogo único. Os sete times brasileiros (Flamengo, Palmeiras, Santos, São Paulo, Athletico-PR, Grêmio e Internacional) buscam chegar na disputa do mata-mata. Já a Sul-Almericana foi suspensa na 2° fase, com dois clubes do Brasil na disputa – Bahia e Vasco

Em nota a Conmebol afirmou que o retorno estará em conformidade com as determinações das autoridades sanitárias de cada país. “Esse fator, somado à elaboração e aprovação unânime do Conselho do Protocolo Conmebol e de um manual operacional para viagens e treinamentos possibilita o retorno da Conmebol Libertadores e da Conmebol Sul-Americana. Com a aplicação rigorosa e responsável de todos os jogadores de futebol, o desejo de retorno do futebol se tornará uma realidade das condições de saúde, sempre cuidando da saúde de todos.”

Em relação a decisão da Recopa, que é o confronto entre os campeões da Libertadores e Sul-Americana, de acordo com o calendário da entidade as partidas devem ocorrer em 12 e 19 de fevereiro.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS